Notícias

Morre o pastor Edison Queiroz, líder do movimento “40 dias de Jejum e Oração”

DSC_0057_1

 

 

Faleceu na tarde desta quinta-feira, 22, o pastor Pr. Edison Queiroz. Queiroz, 67 anos, era pastor da Primeira Igreja Batista em Santo André e criou o projeto 40 dias de Jejum e Oração. Segundo informações ele enfrentava um câncer no cérebro e estava internado desde junho deste ano, mas acabou não resistindo.

“Meu querido, amor da minha vida foi pra Jesus!!! Vou vê-lo por toda eternidade!! Preciosa é aos olhos do Senhor a morte dos seus filhos!! O Senhor deu, o Senhor tomou bendito seja o nome do Senhor!! A vontade de Deus foi feita… Louvado seja o Senhor!!”, disse sua esposa a cantora Rutinha Queiroz, com quem teve três filhos.

A Junta de Missões Nacionais emitiu uma nota em seu perfil oficial lamentando o falecimento do líder batista. Queiroz tinha um perfil ministerial dedicado a visão ministerial e seus frutos falam pela sua pessoa. Ele amava e vivia para missões.

O Projeto

O movimento de 40 dias de Jejum e Oração começou com uma visão que Deus deu a uma senhora membro da Primeira Igreja Batista em Santo André, para que a igreja fizesse 40 dias de jejum e oração.

Como resultado desta visão Deus orientou o Pr. Edison Queiroz a escrever 40 mensagens devocionais, divididas em temas semanais para sua igreja.

Diversos pastores pediram copias do livreto para fazerem os 40 dias de jejum e oração em suas igrejas. A partir dai, o movimento começou a crescer e espalhar por todo o Brasil.

No Tocantins, segundo o site do projeto, já foram 17 igrejas que aderiram ao projeto.

 

RPO Internet

23/09/2016

Sem comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *