Notícias

Ateus lançam campanha para renomear Natal

Duas das maiores organizações ateístas do mundo, a Freedom from Religion Foundation (FFRF) e a American Atheists mais uma vez provocam um debate no final do ano, pedindo que as pessoas parem de comemorar o Natal.

Ambas lançaram ao mesmo tempo suas campanhas, pedindo que as pessoas deixem de ir aos cultos de Natal e admitam que, embora se identifiquem como cristãos, vivem como ateus. A  FFRF sugere inclusive que o feriado seja renomeado para “Solstício de Inverno”, uma vez que, segundo eles, esse é o sentido original da celebração.

A FFRF imprimiu milhares de cópias de um panfleto que “revela” o verdadeiro significado do Natal. O solstício de inverno (o dia mais curto do ano), defendem era um festival milenar da Saturnália, que homenageava o deus romano Saturno. Quando o cristianismo começou a se espalhar pela Europa, trocaram a figura central por Jesus, atribuindo-lhe a data.

Para incrementar sua campanha, gravaram músicas conhecidas de Natal, usando a mesma melodia, mas substituindo a letra por temas ateístas. Curiosamente, o CD foi gravado por um ex-pastor e ministro de louvor chamado Dan Barker, que desenvolveu um profícuo ministério por 19 anos até “perder a fé”, em 1984. Desde então se dedica a divulgar o ateísmo como uma forma mais elevada de vida que o

Usando o argumento de que o Estado é laico, estão requerendo em diversos estados que não haja exibição em lugares públicos de cenários típicos da data, como presépios.

Já a American Atheists optou pelo humor em sua campanha contra o Natal.  Escolheram colocar outdoors em lugares estratégicos, como Colorado Springs, no Colorado, perto da sede de vários ministérios evangélicos como o Focus on the Family, e Lynchburg, na Virgínia, perto da Liberty University, uma das universidades cristãs.

O lema “Natal ateu” pede que as pessoas admitam para suas famílias que não creem em Deus, afirmando que mais cedo ou mais tarde todos se acostumarão com a ideia.

RPO Internet

06/12/2016

Sem comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *